Portal de notícias, artigos e informações. Criação e desenvolvimento de jogos e aplicativos digitais educativos.

02/05/2011 – 20h19

do Gamehall
Uol Jogos

Brasil é o 4º país do mundo com mais jogadores, diz estudo

Foi-se o tempo em que o Brasil era desconsiderado em pesquisas relacionadas a jogos. De acordo com os dados levantados pelo instituto Newzoo, empresa focada no estudo da indústria de games, nosso país é o 4º maior mercado do mundo, superando nações como México e Espanha.

No último levantamento do Newzoo, feito em abril deste ano e que levou em conta os dados de mais de 20 mil pessoas com idades entre 10 e 65 anos, o Brasil apresenta 35 milhões de jogadores, perdendo apenas para os Estados Unidos (145 milhões), Rússia (38 milhões) e Alemanha (36 milhões). Com isso, o país se torna um dos mercados emergentes mais influentes para a indústria.

Segundo a pesquisa, o tempo que os brasileiros gastam com jogos sociais, games online sem limite de jogadores, títulos para consoles (incluindo portáteis e computadores) e celulares é de aproximadamente 11 horas por semana. Esse número é maior do que o tempo destinado aos programas de televisão ou leitura de livros e jornais, por exemplo. No que diz respeito aos jogos em rede, ainda que a população brasileira tenha preferência por aqueles que adotam o sistema de acesso gratuito, 88% gastam comprando itens virtuais.

“Muitos representantes da indústria de jogos tem a percepção de que o modelo de acesso gratuito para games online e celulares está crescendo rapidamente nos mercados emergentes. É interessante avaliar números concretos sobre estes mercados e ter a oportunidade de ver o tamanho real deles, bem como em que eles [os jogadores] gastam e como investem seu dinheiro”, comentou Peter Warman, um dos fundadores da Newzoo.

Vale lembrar que o estudo não levou em conta os dados do mercado japonês, e números de países como Coreia e China serão adicionados no relatório de junho – e isso certamente pode mudar um pouco os parâmetros desse ranking.

Deixe um comentário