Portal de notícias, artigos e informações. Criação e desenvolvimento de jogos e aplicativos digitais educativos.

Uol – Educação 22/07/2013

Vinícius Bopprê
Do Porvir

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/educacao/2013/07/22/game-simula-ruas-de-nova-york-para-ensinar-ingles.htm

 

Caio Braz tem 24 anos, é formado em engenharia pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) e tinha o sonho de empreender algum negócio social. Andou por todos os lados, pesquisou as oportunidades de mercado, ouviu algumas pessoas e, no fim das contas, entendeu que para que seu projeto desse certo, ele precisaria buscar a solução para um problema dele, que também fosse uma dificuldade de muitas pessoas. Braz não era tão bom em inglês e resolveu criar o jogo online Backpacker que simula uma viagem para Nova York, onde os usuários podem conversar com outros jogadores e realizar suas missões para aprender a nova língua.

“Saí perguntando para as pessoas qual era o sonho delas quando se trata de aprender outra língua e a resposta, quase sempre, era a vontade de morar em outro país, ter contato com pessoas desse outro idioma para aprender”, conta. Bem-humorado, Braz explica que criar uma agência de viagens não seria viável, já que seu objetivo era dar escala no aprendizado, alcançando pessoas das classes C e D.

“Nosso principal foco está no inglês básico para aquelas pessoas que têm um orçamento apertado, que não podem pagar por um curso de idiomas presencial e não conseguem acompanhar um curso gratuito online que, na maioria das vezes, é um pouco chato, cansativo”, diz.

O Backpacker, que por enquanto é gratuito, mas terá uma taxa de matrícula em breve para avançar determinados níveis, quer, antes de tudo, ser divertido. Nele, o jogador cria seu personagem, escolhe todas as suas características e sai de seu hostel para começar a andar pela cidade de Nova York, encontrando desafios pela frente, como pedir informações, fazer amizades e até encontrar com o famoso naked cowboy (caubói nu), artista de rua que se apresenta na Times Square. (…)

Deixe um comentário