Portal de notícias, artigos e informações. Criação e desenvolvimento de jogos e aplicativos digitais educativos.

27/05/2011 – 10h59

THÉO AZEVEDO
da Redação Uol Jogos

Link: http://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2011/05/27/qualcomm-desiste-do-zeebo-estudio-brasileiro-e-fechado-e-futuro-do-console-esta-ameacado.htm

Qualcomm desiste do Zeebo, estúdio brasileiro é fechado e futuro do console está ameaçado

O Zeebo chegou ao mercado em 2009 custando R$ 499

A trajetória do Zeebo, videogame brasileiro que chegou às prateleiras em 2009, pode estar chegando ao fim: a Qualcomm, principal investidora da Zeebo Inc., empresa por trás do console, decidiu parar de colocar dinheiro na empreitada. Com isso, o estúdio Zeebo Interactive Studios (ZIS), localizado em Campinas, será fechado em junho, causando a demissão de todos os funcionários – cerca de 35. As informações, extra-oficiais, foram dadas ao UOL Jogos por um dos funcionários que trabalhavam na empresa, que pediu para não ser identificado.

De acordo com um dos programadores do Zeebo, o Brew, plataforma de desenvolvimento utilizada pelo console, era muito pesado para o hardware. A decisão de migrar para a plataforma Android teria sido o estopim para que a Qualcomm deixasse de investir no videogame.

Na verdade, há tempos o Zeebo já dava a impressão de andar mal das pernas no Brasil: segundo o ex-funcionário, a decisão estratégica da Zeebo Inc. em investir em jogos educativos, como os da Turma da Mônica, teria desmotivado os funcionários do ZIS, que queriam fazer games para o público convencional. Alguns pediram demissão e deixaram a empresa, e seus cargos não foram repostos. Entre 10 e 15 pessoas teriam saído do ZIS, que até então possuía cerca de 50 empregados.

Um dos funcionários demitidos do ZIS disse que, embora o Zeebo não atravessasse boa fase, a notícia do fechamento do estúdio foi recebida com choque pela equipe.

O fechamento do ZIS deve afetar as operações do Zeebo não apenas no Brasil, mas também no México, uma vez os jogos lançados no país eram desenvolvidos no estúdio de Campinas. O Zeebo ainda está presente na Índia e China, mas ainda não se sabe como as operações nestes países serão influenciadas.

Procurada pelo UOL Jogos a Zeebo Inc., através de sua assessoria ainda não se manifestou. Mike Yuen, CEO da Zeebo Inc, e Márcio Dantas, gerente geral do ZIS, não retornaram até a publicação dessa matéria.

O videogame ‘made in Brasil’

Anunciado em novembro de 2008, o Zeebo chegou ao mercado brasileiro em junho de 2009. O console foi criado pela Zeebo Inc., uma joint-venture entre a Qualcomm e Tectoy. O console ‘brasileiro’ inovava ao fazer download de jogos usando a rede 3G chamada como “ZeeboNet”, dispensando assim o uso de mídias físicas.

O videogame chegou ao México em novembro de 2010, e em 2011 na Índia. O console teve no total 46 jogos, incluindo títulos como “Tekken 2”, “Resident Evil 4” e ” Crash Bandicoot Nitro Kart 3D”.

 

Deixe um comentário