Game ajuda jovens e adolescentes a decidir vocação.

publicado por Publiminas

Link: http://www.publiminas.com/2011/12/jchebly-desenvolve-game-vocacional-para-faculdade-pitagoras/

JCHEBLY desenvolve game vocacional para Faculdade Pitágoras

Que os adolescentes gostam de jogos, isso ninguém duvida. Agora, que eles podem ser uma ferramenta para auxiliá-los na escolha do futuro acadêmico, nem todo mundo sabia. Essa é a ideia do game vocacional criado pela JCHEBLY em parceria com a Faculdade Pitágoras. Intitulado Desafio Pitágoras 3D, o jogo foi apresentado na última sexta-feira (26) durante uma feira de profissões realizada no auditório da Cidade Acadêmica da Faculdade.

Criado numa plataforma lúdica em realidade virtual, o game faz uma releitura dos testes vocacionais tradicionais permitindo ao aluno do Ensino Médio descobrir qual área escolher para cursar uma faculdade. O Desafio Pitágoras 3D se baseia numa experiência de realidade aumentada através de um Kinect, que permite detectar os movimentos do jogador, proporcionando a interação com o jogo por meio de gestos, sem a utilização de controle remoto.

Para jogar, o aluno deve se posicionar em frente ao kinect e seguir as instruções de posição corporal para “pilotar” o seu MIT Virtual – máquina individual de transporte – que o conduz aos diversos universos acadêmicos e ícones relacionados à sua área de interesse. Após escolher as opções que melhor condizem com o seu perfil, o jogador recebe a sugestão de qual curso escolher para a faculdade. O aluno pode ainda enviar o resultado do game em tempo real para sua página do Facebook.

Thais Cecília, de 17 anos, experimentou o jogo e conferiu o resultado. “Eu estava muito confusa, mas além da palestra de orientação, o jogo me ajudou muito a decidir o curso que quero fazer”. Logo após a conclusão do game vocacional ela afirma: “Vou fazer Engenharia Ambiental”.

Eduardo Teixeira, analista de projetos do Grupo de Inovação do Pitágoras, comenta o impacto positivo do game. “Alcançamos os resultados propostos pelos testes convencionais por meio de um formato divertido e diferenciado. Além disso, o projeto contribui para que a instituição seja vista como uma marca referência em inovação e tecnologia” destaca.

 


escolajogo

Artista e desenvolvedor de jogos e aplicativos educacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Notícias

Pesquisa feita nos EUA mostra como videogames podem beneficiar crianças

02/03/2015 – 10h12 Veja 5 jogos que vão deixar você mais inteligente Théo Azevedo Do UOL, em São Paulo Link da reportagem “Jogar videogame faz bem. De acordo com um estudo da Academia Americana de Leia mais…

Informações

Game educativo “Infância Livre”, aborda tema de exploração do trabalho infantil

O game “Infância Livre” (http://www.mptgames.com.br/infancialivre/) é o primeiro jogo fruto de uma parceria entre o Ministério Público do Trabalho de Campina Grande e o Curso Superior de Jogos Digitais da Facisa. Trata-se de um jogo denúncia Leia mais…

Jogos

TV Conecta BH faz reportagem sobre novidades do Parque das Mangabeiras

A TV Conecta BH, rede da Prefeitura de Belo Horizonte, fez uma reportagem sobre a revitalização do quiosque do Parque Municipal das Mangabeiras, e destacou o desenvolvimento do game “O Jogo do Quati: uma aventura Leia mais…